segunda-feira, dezembro 04, 2006

Uma noite na Ópera

Antes de mais, um aviso: Estão a ver aquela cena do gás da GALP? Aquela em que ligamos e vem uma fulana de perna boa trazer aquela bilha jeitosa a nossa casa? Pois bem, é mentira! O mais certo, é ligarem e aparecer um gajo barrigudo com a barba por desfazer! Vocês ainda podem perguntar:
- Ò amigo, então a gaja com a bilha jeitosa, não vem?
E ele responde:
- A gaja não vem. Mas tenho aqui uma bilha jeitosa.
- Não. Deixe ‘pra lá! Eu ia mudar para a BP de qualquer maneira!
No Sábado à noite, estive na dúvida entre assistir a um concerto de música clássica e um show de strip na baixa. Após 30 segundos de hesitação; o show de strip levou a melhor. Afinal, que história é aquela do Maestro da Orquestra? Já imaginaram perguntar a um Maestro qual é a sua profissão?
- Que fazes?
- Sou Maestro.
- O que é isso?
- Bem, pego num pauzinho, do tipo do algodão doce, mas já comido. Ponho-me à frente dum grupo de malta que sopra Clarinete e agito os braços como um doido!
- Engraçado, eu fiz isso um dia e fui preso!
Estão a ver? Um espectáculo erótico é muito melhor! Uma fulana com uns sapatos, cujas solas tem uma vida de garantia e uma saia assim a dar para o pequeno, vem dançar mesmo à nossa frente e o meu amigo incita-me a colocar-lhe uma nota na liga. Inicialmente rejeito esta opção.
- Não ponho nada! Imagina que lhe ponho mais peso numa perna que outra; a rapariga fica descompensada e cai no palco. Seria embaraçoso para ela!
- Não sejas forreta. Vá lá!
A custo, faço-lhe a vontade. Prendo uma nota de 5 euros nas meias de renda da bailarina que se levanta e vai dançar para a outra ponta do palco.
- Estás a ver? Foi-se embora! Se não lhe tivesse dado o dinheiro ainda estaria a dançar ao pé de nós. E ainda por cima nem me agradeceu!...
- Eh, pá. É mesmo assim!
- O quê, a má educação? Tu ofereces dinheiro a alguém, o mínimo que esperas é que te digam: Obrigado! Não é normal? Se saísses pela rua e metesses uma nota nas meias de todas as pessoas com quem te cruzasses, não esperavas agradecimento?
- Ou então um pontapé nos dentes!
- Pronto. Ai, tens uma reacção! Pelo menos ninguém se mostraria indiferente.
- Olha, ela vem aí. Agora vai tirar um sapato.
- Que o faça! Já não lhe dou mais nota nenhuma. Quanto muito, ofereço-lhe uma calçadeira!
- Caramba, és mesmo forreta!
- Forreta? Porque não lhe dás tu o dinheiro?
- Eh, pá. Estou muita teso!
- Ah, bom. Que sorte a minha! Tenho um amigo que é generoso com o meu dinheiro. Imagina que esta gaja vá-se lá saber por que, artes mágicas, queria sair contigo. Que lhe dirias? Eh, pá. Lamento mas o meu amigo é que merece sair contigo porque ele é que investiu nas tuas pernas?
- Seria capaz de fazer isso!
- Não me digas!
- Digo, sim! Embora neste caso não o fizesse.
- Porquê?
- Eh, pá. Porque já te disse: Estou teso!
- É por isto que prefiro o Strip à Òpera. Ninguém sai teso da Òpera, elas não se despem e ninguém sobe ao palco para lhes colocar 5 euros nos collants!
- Porquê não?
- Sei lá, é conduta anti-social. É como aplaudir um Fadista a meio da actuação. Não é socialmente correcto.
- No entanto, assistires a um show de Strip e colocares 5 Euros nas meias da Bailarina, já é... social.
- Estás a ver alguém queixar-se? Tens de conhecer a Paula Bobone!
- Ela trabalha aqui?
- Trabalha mais abaixo. Agora cala-te e tira mas é uma nota do bolso que a gaja vem aí outra vez!
A conversa continuou. Nós ficamos por aqui; infelizmente, quando o melhor estava para vir.

20 Comments:

Blogger APC said...

Demais, demais! :-)
Adorei aquela racionalização do "se lhe ponho mais dinheiro de um lado", porque sou uma inveterada analisadora das desculpas que inventamos para tudo. E as tuas, todas elas, estão demais! :-)))
Muito bom diálogo, até uma resignação que outra coisa nunca seria, ou não teria começado tudo onde começou (Freud di-lo-ia).
Mas, realmente, nem um olharzinho ousado, por 5 euros? Forreta é a madame, desculpa lá!
Já eu, se fosse na rua e me visse com 5 aérios assim a modos que do lado de dentro da roupagem, é claro que lhe dava um olhar... RÔXO, claro, mas dava!
:-)))
Até já!

12:55 da manhã  
Blogger APC said...

Ah... E gosto do título! :-)

1:01 da manhã  
Blogger francis said...

És ingrata! Se te oferecesse 5 Euros ficava com olho rôxo??? Bem podes esperar! De mim não levas nada!!! :-)))

11:46 da manhã  
Blogger Teresa Durães said...

o título (atchim!) descreve de imedi (atchim!) ato o strip! eheheheh

(por acaso nunca vi nenhum - agora estou a tossir...)

gostei ehehehheheehh

(hoje sei a sorte de saber que sou só uma ave virtual senão vinha a saúde pública dar-me um tiro e levar-me para efectuar uma autópsia)

odeio estar constipada ou gripe ou lá o que é isto:((

(aquele Illusio é suposto ser um livro - no dia em que acabá-lo! Obrigada)

11:47 da manhã  
Blogger Rafeiro Perfumado said...

Pauzinho de algodão doce mas já comido... já tinha imaginado muita coisa sobre aquele instrumento, agora isso... mas se calhar deve ser mesmo e é por isso que aquilo não lhes salta da mão. É pegajoso...

12:31 da tarde  
Blogger Klatuu o embuçado said...

Andas muito cultural! :)=

Abraço.

4:44 da tarde  
Blogger Fatyly said...

Fartei-me de rir...mas o que me saltou mais à vista foi o amigobabadotesodaonça gozar o espectáculo à custa do toininhas! Mas como é que os homens são tão burros??? opsssss....

Essa nova descrição da batura está o máximo e se Vitorino de Almeida te lê tás feito loll!

6:52 da tarde  
Blogger pisconight said...

HAHAHA
De rir!!
;)

7:13 da tarde  
Blogger naoseiquenome usar said...

Como sempre de imaginação imparável.
Do engodo da menina da Galp à analogia do socialmente correcto (não, aceitável, no caso:) ) resulta uma história hilariante.
(Mas já agora vê lá se fazem à papel de forreta e de "teso", ao menos, caramba, senão é uma grande injustiça!)

bEIJO, BEIJO.

7:30 da tarde  
Blogger naoseiquenome usar said...

*vê lá se fazem à vez papel de forreta....

7:32 da tarde  
Blogger LFM said...

O post está excelente, mas gostria de fazer duas ressalvas:
1º - Não se usa a palavra teso no ambiente em causa (vá se lá saber afinal ao que nos referimos depois)
2º - Não se coloca a personagem Paula Bobone no meio de uma descrição erótica a não ser que se ande a fazer umas incursões no género do terror.

12:32 da manhã  
Blogger APC said...

Pobrezinha mas honrada! ;-)

2:10 da manhã  
Blogger Barão da Tróia II said...

LOLOLOLOLOLOLOLOL, é por isso que venho sempre aqui, rir, rir e mais rir, obrigado, boa semana.

11:59 da manhã  
Blogger Teresa Durães said...

era uma metáfora, obviamente. mas da maneira que certo diabinho olha para as calças (sem tocar) suportaria do mesmo modo (nem sabe se ia ter dor ou não com a falta de toque)

e os Espíritos referiam-se a corpo/espírito.. eheheh que penso que entendeu perfeitamente!

De qualquer modo serão sempre definições que ficam ao gosto de cada um.

4:51 da tarde  
Blogger Teresa Durães said...

P.S: podes ficar para carneiro :P

4:52 da tarde  
Blogger francis said...

Teresa ... e se tocasse nas calças, provavelmente seria um tacto com (muita) dor!!! :-)))

5:19 da tarde  
Blogger Belzebu said...

Estas visitas são sempre uma garantia de umas valentes risadas!!!
Acho que vou começar a assistir a uns streaps, assim que souber dos aumentos para 2007!

eheheh!! saudações infernais!

5:43 da tarde  
Blogger Teresa Durães said...

sim, a dor de um estalo na cara? ahahahahhah pior seria se apanhasses alguma daquelas miudas que praticam artes marciais!

bom dia para ti (sempre a escrever com ironia!!)

10:41 da manhã  
Blogger J.P. said...

Fantástico francis.
tás cada vez malhor!

10:10 da tarde  
Blogger 慢慢來 said...

晚情徵信協會全國網
大愛徵信社
三立徵信社
離婚|離婚證人有限公司
離婚|離婚證人-高雄徵信同業工會
離婚|婚姻挽回專區
一品蒐證尋人器材網
全國女子徵信社
晚晴徵信
八大徵信社
離婚│華納徵信社
徵信社品質保障關懷協會
晚晴徵信協會全國網
溫馨法律諮詢
劈腿大剖析
全國優良婚姻挽回
法律諮詢|免費諮詢華陀
亞洲徵信總部
感情挽回全國徵信
鴻海徵信尋人免費諮詢法律諮詢
大陸抓姦二奶-法律諮詢社
三立徵信有限公司
大愛徵信社
離婚|離婚證人非凡有限公司
女人國際徵信社
中區嚴選聯合徵信網
女人國際徵信
大愛徵信有限公司-台中
婦幼徵信有限公司
女子偵探徵信團隊
離婚|外遇觀測站
法律諮詢|免費諮詢網
外遇抓猴徵信偵探社
離婚-感情挽回Q&A諮詢網
新浪私家偵探社
離婚|女人徵信社
離婚|女人私家偵探社
婚姻挽回│國際聯盟社
法律諮詢所
外遇抓姦|女人國際徵信
女子徵信社
外遇|抓姦-女子偵探全國入口網
全國優良女人徵信社

9:10 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home